Críticos dividem opinião sobre a estréia de Daniel Radcliffe no teatro

A crítica teatral britânica teve reações mistas à estréia de Daniel Radcliffe nos palcos.

“Daniel Radcliffe consegue com brilhantismo livrar-se do manto de Harry Potter”, disse Charles Spencer, crítico do jornal The Daily Telegraph, nesta quarta-feira, dia seguinte à estréia do espetáculo Equus, de Peter Schaffer, estrelado pelo jovem ator, em Londres.

Para Spencer, Radcliffe, 17 anos, famoso no papel de jovem mago no cinema, “anunciou-se como um empolgante ator teatral de inesperada versatilidade e profundidade”, e até, por um momento, detectou “um indício da maldade de Voldemort” em seus olhos.

Para David Lister, do The Independent, contudo, “ele não é o mais expressivo dos atores e sua presença no palco levará algum tempo para evoluir”.

“É pena, pois dá para sentir, no seu desempenho, uma repressão escondendo um leque de sentimentos desesperados para explodir”, diz Lister, que não poupou críticas à diretora da peça que inicia temporada no teatro Gielgud: “Thea Sharrock fracassa com freqüência demasiada em tentar capturar a tensão neste thriller psicológico.”

Michael Billington escreveu no The Guardian que “a revelação” da peça é que Daniel Radcliffe “pode realmente atuar”.

A platéia, na noite VIP de estréia, na quarta-feira, estava repleta de outros atores e aplaudiu de pé. O ator Christian Slater e o cantor Bob Geldorf estavam entre os presentes.

“O trabalho que Daniel fez no palco foi incrível, extraordinário. Eu tiro o meu chapéu para ele totalmente”, afirmou Slater, que atuou em O Despertar do Mal, Entrevista com o Vampiro e Broken Arrow – A Última Ameaça.

A peça, que estreiou oficialmente ontem, causou tanta expectativa entre o público londrino que já foram arrecadados quase US$ 2 milhões em entradas vendidas antecipadamente.

A cena de nudez de Radcliffe vinha dominando as manchetes na Grã-Bretanha, o que não surpreendeu o jovem ator. “Eu já vinha esperando isso, na verdade”, afirmou. “Mas não é uma parte grande da peça, são quatro minutos no máximo.”

“Para algumas pessoas, sempre serei Harry. Sei disso e não me oponho. Não quero me afastar dele. Estou orgulhoso do trabalho, mas quero mostrar que não sou Harry Potter. Sou um ator”, disse Radcliffe.

fonte: Terra.com e Uol.com

Anúncios

3 comentários em “Críticos dividem opinião sobre a estréia de Daniel Radcliffe no teatro

  1. Penso que a vida é dele e ele pode fazer o que bem quiser dela.
    Entretanto,se expor dessa maneira tão rude e vulgar pode deixar muitos fãs abalados por terem em pensamento que Daniel é um garoto tímido,como o personagem que ele interpreta nos filmes de Harry Potter.
    Fico na dúvida mas apoio a decisão se esta foi tomada sabendo das conseqüencias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s